Escritório híbrido: tendência pós-pandemia

Você conhece o modelo híbrido de trabalho? Tendência global, o sistema mescla o home-office com trabalhos presenciais e oferece vantagens para trabalhadores e empresas.

A crise do COVID-19 obrigou as empresas a implementarem o sistema remoto, conhecido como home office, para dar continuidade aos seus trabalhos. Essa adaptação exigiu muitas mudanças de empreendedores e colaboradores para que a produtividade não fosse afetada. Porém, mesmo que algumas pessoas tenham conseguido se organizar dentro desse sistema, outros tem obstáculos que dificultam o rendimento, como filhos, casa com muitas pessoas ou internet com baixa velocidade, por exemplo. Alguns setores simplesmente não funcionam remotamente, exigindo a presença do trabalhador.

Buscando adaptar novas maneiras de trabalho e economizar nos custos, empresas vem lançando mão do modelo híbrido, mesclando o trabalho remoto e presencial durante os dias da semana. O sistema híbrido prioriza as atividades colaborativas e segmentos que necessitam de maior interação entre os funcionários e também clientes como presenciais. A recorrência da presença no escritório vai depender da área e setor que o trabalhador está.

Para empresas, as vantagens estão na diminuição de gastos com vale-transporte de funcionários, custos operacionais e redução do espaço físico. Com menor necessidade de pessoas diariamente em suas instalações, muitas empresas estão alugando lugares menores para as atividades presenciais. Espaços de coworking vem ganhando força dentro desse sistema por permitir maior flexibilidade de organização espacial e facilidade nos contratos de locação sem burocracias para renovação ou cancelamento quando necessário. 

Os funcionários também economizam com o sistema híbrido poupando com deslocamentos e gastos de transporte. A ida ao escritório pode ser priorizada para momento que necessitem comunicação mais direta ou quando as tarefas exigem atenção que um ambiente corporativo pode oferecer.

As empresas devem ficar atentas a alguns fatores para que o sistema híbrido funcione a favor da produtividade e não prejudique os trabalhos. Falhas de comunicação são os principais problemas desse modelo. Para evitar qualquer ruído e desconforto as informações devem ser feitas simultaneamente para quem estiver presencial e em home office. É importante investir em plataformas de comunicação em tempo real. Ferramentas e tecnologia são fortes aliadas na eficiência do sistema híbrido. Precisam ser estabelecidos códigos de conduta dentro da empresa para determinar quais os setores que se encaixam dentro de cada modelo de trabalho e quais os dias trabalhados no escritório. Cuidados com a segurança devem ser redobrados pois os funcionários terão acesso em diferentes locais e aparelhos.

Apesar de ainda ser pouco utilizado no Brasil, que ainda tem como o home office o principal modelo dentro do período de pandemia, a tendência é que aos poucos o sistema híbrido seja realidade na vida de muitos que tenham essa possibilidade de escolha. Os espaços de coworking possibilitam a configuração do ambiente de acordo com a necessidade da empresa e do colaborador, tornando viável esse futuro dentro dos escritórios. Com salas privativas, salas de reuniões e espaços compartilhados, a Metrópole Coworking tem um espaço estruturado para atender a esse novo modo de organização de trabalho.

Confira os planos em nosso site ou fale com a nossa equipe e veja qual se encaixa melhor em seu negócio.

Gostou? Então compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp

Veja mais posts

Open chat